Existem outras emergências neste sentido para Ariquemes a exemplo da Hemodiálise e o Inacar

Os vereadores de Ariquemes aprovaram na sessão desta segunda-feira (26), com dispensa de segunda votação, o Projeto de Lei 2174/13 de autoria do Executivo Municipal que autoriza o Poder Público a proceder à desafetação e doação do lote 01 A, quadra 02, Setor Institucional. Segundo o presidente da Câmara, vereador Alex Redano (PRTB), a área que totaliza 6.659.85 m2 será destinada ao estado de Rondônia para a construção do novo Hospital Regional de Ariquemes.

 Na sessão, os legisladores aprovaram, também com dispensa de segunda votação outros dois Projetos de Lei de autoria do Executivo: o 2175/13 que autoriza a desafetação e doação em comodato do lote 10, quadra 03, Setor Institucional, com área de 1.444,50 m2 ao estado, por intermédio da Secretaria Estadual de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

De acordo com Alex Redano, o terreno será concedido para o uso temporário da Delegacia Regional de Ariquemes. A matéria teve apenas o voto contrário do vereador Jislani Matias (Lano PSC), que justificou seu posicionamento alegando que “somos o primo pobre do Governo, ele é quem deveria ajudar o município. Além disso, existem outras emergências neste sentido para Ariquemes a exemplo da Hemodiálise e o Inacar (Instituto do Câncer de Ariquemes). Delegacia é responsabilidade do estado”.

O último projeto aprovado pelos vereadores foi o 2176/13 que autoriza o Poder Público Municipal a firmar convênio com o Conselho da Comunidade a Execução Penal (CCEP) da Comarca de Ariquemes. “Este projeto refere-se ao convênio com apenados e Secretaria de Obras do município”, explicou o presidente da Casa de Leis antes da votação em Plenário.

Participaram da Sessão Ordinária desta segunda-feira, o deputado estadual Adelino Follador (DEM), o vice-prefeito Enoque Nunes (PMDB), a secretária de educação Débora Raposo, o delegado Regional Tiago Flores, o vereador Rinaldo Pires (Ronaldinho/PMDB Machadinho do Oeste), demais autoridades e representantes de entidades de classe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here