Luiz Estevão

O PRTB do Distrito Federal contrariando a lógica dos partidos locais, não irá se coligar com nenhum outro nas eleições de 2014

Nas eleições de 2010 o PRTB obteve 35.000 mil votos e só elegeu a distrital Liliane Roriz, que depois deixou a legenda para participar da criação do PSD para onde migrou. De lá pra cá, o partido ficou sem representantes no legislativo local e estava sem comando.

Para 2014 os planos serão arrojados. Para concorrer à Câmara Legislativa, serão lançados 48 postulantes, destes, 15 serão  do sexo feminino. Já para deputado federal, o vitaminado PRTB pretende lançar 5 mulheres juntamente com outros 11 candidatos.

Luiz Estevão

Os modestos votos alcançados nas eleições de 2010 parecem não desanimar a nova direção do partido que passa por uma grande reestruturação. Estão sendo nomeadas 21 zonais provisórias espalhadas em todo o DF.  O partido está começando tudo do zero e a sua nova diretoria almeja objetivos audaciosos.

O alvo é filiar aos seus quadros lideranças de múltiplos setores representativos e produtivos das cidades de todo o Distrito Federal, e em 2014 fazer de 3 a 4 distritais e um deputado federal.

Pela postura, investimento é o que não faltará aos candidatos.

 

Fonte: Blog do Edson Sombra