De volta à cena política da capital, Luiz Estevão assume o nanico PRTB para formar bancada na Câmara

Após 13 anos de afastamento, o ex-senador Luiz Estevão está de volta à cena política local. O retorno, porém, não significa que o empresário disputará uma vaga nas eleições de 2014.
Um acordo lhe entregou o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), que reorganizará no Distrito Federal para o próximo pleito. Hoje o partido não possui representante na Câmara Legislativa e conta apenas com um deputado federal.

ex-senador-Luiz-Estevão

CHAPA PURO-SANGUE

A princípio, o PRTB pretende montar uma chapa pura, sem coligações. Para isso o agora coordenador político já iniciou conversas com alguns nomes que deverão ser anunciados pelo diretório nacional.
Inelegível até 2022, Luiz Estevão avisa que não será candidato a nada.
“Meu papel será organizar o PRTB para as eleições de 2014. É dessa forma que atuarei”, enfatiza o ex-senador, que completa:
“Vamos formar a chapa pura para que seja possível elegermos nossos nomes”.
Segundo o ex-senador, a proposta do PRTB é eleger pelo menos três deputados distritais e ao menos um federal da cidade. Para que o projeto tenha sucesso, Estevão já iniciou conversas com nomes de peso da política local, para dar força à sigla.
“Tenho recebido ligações de diversas pessoas da política local interessadas em ingressar ao partido. Ainda é muito prematuro para anunciar quem serão os nomes que integraram nossa chapa, mas no momento oportuno nosso presidente nacional, Levy Fidelix, deverá fazer uma cerimônia para apresentá-los”, conta o coordenador.

FORA DO BARCO

Nas eleições de 2010, o partido chegou a eleger a deputada distrital Liliane Roriz, que pouco tempo depois, aproveitando brecha na lei eleitoral, saiu da sigla para se filiar ao PSD. O único político eleito pelo PRTB a nivel federal é um deputado do Rio de Janeiro que se integrou ao bloco do PR.
Mesmo que a missão de Luiz Estevão seja concluída com o êxito esperado, o ex-senador e presidente do Brasiliense F.C. diz que não se interessa por uma possível participação pessoal na legislatura: “Meu trabalho será apenas elegê-los. Não tenho o interesse que assumir nenhum cargo após as eleições”.

Fonte: Jornal de Brasília

1 COMENTÁRIO

  1. e realmente um nome fantastico para o nosso prtb parabens e quero participar deste novo tempo sou filiado e fui candidato em 2010 a distrital e estou trabalhando bastante para 2014 parabens