Nesta semana a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade o projeto de Lei N.2201/13 que regulamenta as eleições para conselheiro tutelar em Ariquemes.

Vereador Alex Redano luta pelo Proj. de Lei que regulamenta eleições para conselheiro tutelar seja aprovado.
De acordo com o presidente da câmara, vereador Alex Redano (PRTB), a votação foi tranquila, porém foram feitas algumas correções, entre elas o valor da nota da prova do candidato a conselheiro que baixou de 7 para 5. Segundo ele isso tornará o processo de avaliação mais democrático proporcionando uma maior participação da comunidade no pleito eleitoral.
O projeto teve 4 emendas das quais três foram indicadas pelo vereador Vânio Marques (PMDB), e uma da Vereadora Rosa Pereira dos Santos (PSL)  em parceria com o vereador Amalec da Costa (PSC).
No que se refere a comprovação da idoneidade do candidato, Vanio Marques defende que a carta de recomendação de entidade ou Instituição exigida não é um instrumento suficiente,  portanto sugere que esse item seja substituído pelas certidões negativas emitidas pelo sistema judiciário. Fez também uma correção no texto sobre as etapas do processo que deve acontecer somente em duas fases: a prova e a eleição.
Aparentemente inconformado vereador desabafou que baixar a média da prova é uma perca para o processo eleitoral. “Eu fui contra em diminuir a nota, pois o processo seletivo deve selecionar os candidatos com maior nível de conhecimento a cerca das leis e normas que amparam a criança e o adolescente, porém venceu a maioria”, disse.
O presidente da câmara informou que a o executivo já foi sinalizado e agora caberá a ele analisar o projeto e as emendas aprovando ou não. “Acredito que tudo caminha para aprovação em bem pouco tempo”, finalizou o vereador Alex Redano.

Fonte: Norte Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA