O ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida, subiu as escadas do Hotel Enseada, onde concedeu coletiva à imprensa na manhã desta segunda-feira (1°), enaltecendo ser um ‘novo homem com a vida renovada’. O boton do PRTB estava preso à camisa, reforçando o novo caminho seguido a partir de hoje como presidente do partido em Alagoas.

A aparição de Almeida em público ocorre após o encerramento de seu mandato de prefeito de Maceió após oito anos de administração. Neste período longe dos holofotes, o ex-prefeito passou por uma cirurgia para retirar um tumor benigno de sua cabeça. Foram 19 horas sendo atendido pelos médicos em São Paulo.

Filiação-de-Cícero

Segundo Almeida, Deus lhe deu uma nova oportunidade de vida, e seu momento atual remete ao recomeço. Nada de ataques a adversários ou ressentimentos aparentes em relação à sua saída conturbada do Partido Progressista (PP), do senador Benedito de Lira; críticas ao governador Teotonio Vilela Filho (PSDB), então aliado nas eleições para o governo; ou memórias do pleito de 2011, onde precisou abrir meu de um sucesso à Prefeitura de Maceió.

“O PRTB não será o partido para chamar de meu. Muitos falavam: o Cícero não tem um partido, não manda em nada, é apenas um seguidor de ordens. Não é assim. Como presidente do PRTB irei trabalhar com integração coletiva. Quem atuou comigo na Prefeitura de Maceió também estará comigo neste processo porque eu convidei. O momento é de renovação”, destacou Almeida aos jornalistas presentes à solenidade.

Para abonar a ficha de Almeida, o presidente nacional do PRTB, Levy Fidélix esteve em Maceió. O ex-prefeito é uma grande aquisição de um partido considerado pequeno, avaliou Fidélix. “Nós fazemos parte de um processo de modificação do Brasil. O PRTB tem a bandeira da mobilidade urbana, e o Cícero Almeida fez isso muito bem enquanto prefeito”, pontuou.

ALE ou Bancada Federal

Fortalecer o PRTB em nível estadual e nacional. O plano é audacioso, porém, Cícero Almeida está incluso nas eleições do próximo ano. De frente com os jornalistas, o ex-prefeito destacou que tem sua pré-candidatura definida, no entanto, não sabe se a sua campanha será para uma das 27 vagas para a Assembleia Legislativa ou para as nove destinadas a Alagoas no Congresso Nacional.

“O PRTB precisa estar forte e se consagrar em 2014. Temos representatividade em todo o Brasil e em 36 municípios de Alagoas. Iremos um busca de resultados positivos. O Cícero Almeida participa deste projeto porque quer ajudar ao povo de Alagoas. Sou pré-candidato, mas ainda está cedo em informar se vou disputar uma cadeira na ALE ou no Congresso Nacional”, reforçou o ex-prefeito.

Almeida disse estar animado com sua nova empreitada por conta do que ele fez no passado, quando esteve filiado no PP. “Cheguei ao PP, conseguimos o Ministério das Cidades, elegemos o senador mais votado de Alagoas [Benedito de Lira, mais de um milhão de votos], 21 vereadores foram eleitos, e deixamos Maceió a cidade mais bonita do Brasil. Esse é o legado do Cícero Almeida”, frisou.

Pedro Alves e Arnóbio Cavalcante, que atuaram como secretários de Cícero Almeida, devem ser filiados ao PRTB. Jair Lira, ex-prefeito de Lagoa da Canoa, teve sua ficha abonada e provavelmente será candidato a deputado estadual.