O vereador Eduardo Sá (PRTB) foi pessoalmente, na manhã de hoje, à Superintendência da Polícia Federal em São Luís para denunciar formalmente a administração municipal pelo suposto caso de corrupção que ficou conhecido como escândalo da Queops.

 Eduardo-Sá
Em denúncia encaminhada também à Controladoria Geral da União – CGU e ao Ministério Público Federal o vereador levou o escândalo da Queops às autoridades e instituições que fiscalizam os recursos públicos. “Venho por meio deste (documento) trazer ao conhecimento de Vossa Senhoria, graves denúncias de improbidade, com possibilidade do cometimento de fraude em licitações e desvios de recursos públicos oriundos de repasses federais nas áreas da saúde e educação no município de Chapadinha” denunciou Eduardo Sá.
O parlamentar juntou documentos das alterações contratuais, anexou matérias da imprensa e o comunicado da prefeitura suspendendo o contrato como forma de reconhecimento das irregularidades. “Conforme denúncia da imprensa abundantemente documentada (cópias anexas), uma empresa por nome Queops, sem local de funcionamento, com alterações contratuais maliciosas, endereço de proprietários inexistente e com todas as características de firma fictícia com finalidade de desvios de recursos e outras práticas de corrupção foi contratada de forma escandalosamente ilegal e com possibilidade de participação de funcionários da prefeitura em práticas criminosas” relatou o parlamentar.
Ainda no documento encaminhado à Polícia Federal, CGU e Procuradoria Federal, Eduardo Sá reforçou apelo pela intervenção dos Órgãos: “ante ao exposto oficializo a presente denúncia para que sejam adotadas, por estes órgãos, medidas com vistas a aprofundar as investigações e demais providências cabíveis previstas em lei”, finalizou.
CCI08082013_0001

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here