A interrupção do contrato da nova empresa que administra e o Hospital de Urgências e Traumas de Petrolina (HUT) e o Serviço de Ortopedia e Traumatologia Especializada (Sote) pode cair como uma bomba na Câmara de Vereadores de Petrolina. E imediatamente.

Major-Enfermeiro

É que, com a saída da Sote, o vereador licenciado Enfermeiro Major (PRTB) deve ficar sem função no HUT e pode reassumir o seu mandato na Câmara de Vereadores, tomando o lugar do suplente Alvorlande Cruz (PRTB). O próprio reitor da Univasf, Julianeli Tolentino, já garantiu a este Blog que político no hospital, “só como visita ou paciente”.

Enfermeiro Major está esperando que o prefeito de Petrolina Júlio Lóssio (PMDB) – de quem é secretário de Governo de fato, enquanto Orlando Tolentino é secretário de direito (ninguém conseguiu explicar isso ainda) – chegue a Petrolina para uma conversa que definirá a situação.

O certo é que o vereador licenciado não deve aceitar outra ocupação no governo, pois identifica na área da saúde o local onde pode mostrar mais potencial.

Em português claro: a situação do vereador Arvorlande pode estar por um fio. É isso aí.

Fonte: Blog do Carlos Brito