Quem vê o PRTB como mais um partido talvez não saiba a semelhança dele com os movimentos de rua que vemos hoje pelo Brasil. Esse partido veio de um movimento apartidário, como vários que surgem da insatisfação com a política atual de uma crise ética, Patriótica e moral.
O MRT (Movimento Renovador Trabalhista) como era conhecido tinha em seu líder Fernando Ferrari, um economista que rompeu as alianças com grupos políticos e oligarquias de sua época, o sentimento de mudança. Ferrari preferiu através das lutas sociais respeitar seus companheiros e a consciência do trabalhismo participativo e não se contaminar com as facilidades corruptoras de sua geração.
Hoje na Liderança de seu Presidente Levy Fidelix e respeitando os princípios de Ferrari, o PRTB vive um momento renovador, de reconstrução na mobilização trabalhista e social em suas bases. Na luta pelo povo e contra a manipulação das grandes mídias e do açoitamento econômico internacional que subjulga a nação Brasileira, nosso Presidente Nacional Levy Fidelix tem se mostrado aguerrido e integro na defesa da família e da soberania de nossa Pátria.
Nesse universo político de movimentos cíclicos, tem se repetido constantemente o jargão popular “pau que da em Chico, dá em Francisco”. Constantes são as crises e a corrupção que se alastra pelos poderes constituídos e no imaginário da “lei de Gerson”; lei das vantagens apenas privatistas e que geram o desmonte de nossas empresas estatais. Tiram-nos o amor a bandeira e de seus símbolos de honra, fazendo que o brasileiro seja confrontado a se coloca nas ruas novamente contra o neo-comunismo latino e empobrecedor.
O PRTB se posiciona nesse momento da história do Brasil como um partido humanizador, onde olha no olho da sociedade, onde busca a renovação de sua militância, e principalmente levanta o patriotismo a outro patamar nacional.
“Varre, varre vassorinha e que a corrupção acabe no Brasil.”

Por GABRIEL RUY – liderança PRTB do Estado do Espírito Santo.formado em Direito e pós graduado em educação e gestão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here