O presidente do PRTB, Levy Fidelix, gravou um vídeo em Curitiba, em frente à Justiça Federal, para comentar a menção ao IBOPE na delação da JBS-Friboi. Segundo Fidelix, ele quis gravar o vídeo em frente à Justiça Federal em homenagem à Lava Jato, que prende os que traíram a confiança do povo brasileiros.

ASSISTA AO VÍDEO: https://youtu.be/4yJFnUEIGAQ

Segundo Levy Fidelix, “A alegria de todo o Brasil hoje é que finalmente pegaram o pessoal das pesquisas eleitorais, esse pessoal que fajuta pesquisas diuturnamente”.

O delator Ricardo Saud afirmou que repassava propina ao instituto, que faria pesquisas para Renan Calheiros, mas emitia notas fiscais frias para o grupo JBS-Friboi, que não seria seu cliente.

“A Friboi denunciou o IBOPE, que levava propina para manipular pesquisas. Eu sempre falei isso, especialmente quando fui candidato à presidência, especialmente em 2014, quando me davam zero nas pesquisas. Meu voto não aparece, porque não querem que homens honestos, probos, corretos, ganhem”, disse Fidelix.

Para o presidente do PRTB, as pesquisas são manipuladas: “Pesquisa fajuta não presta, é para calibrar, amaciar a carne, para mentir para o povo, quem está na frente e quem não está. Pesquisa não tem vergonha na cara, porque eles fazem dentro do escritório. Não tem nada de ouvir 10 mil pessoas. É mentira!”. “Essas pesquisas, juntamente com a grande imprensa, calibram a opinião pública para justificar o resultado das urnas fraudadas”, afirmou.

Fidelix acredita que, após a delação da JBS-Friboi, os institutos de pesquisa serão investigados e punidos: “Esses canalhas agora vão entrar em cana; por enquanto, estão no cano”. E alerta: “senhor IBOPE, senhor Montenegro, o senhor ganhou muito dinheiro com a dona Globo e esse povo todo. Nossa Polícia Federal vai apurar direitinho essa denúncia do Ricardo Saud da Friboi. IBOPE, Vox Populi, Datafolha… vocês vão entrar em cana”.

Com informações do site “Política na Rede” em http://www.politicanarede.com/2017/05/finalmente-lava-jato-chegou-nos-fajutos.html