O Brasil depende do país chinês para turbinar investimentos e manter superávit.

Matéria da Folha de São Paulo, do dia 11 de abril de 2019.